A Cirurgia Oral é uma área bastante abrangente da Medicina, trabalhando em conjunto com várias outras disciplinas da saúde oral. Os Médicos Dentistas especializados nesta área trabalham todos os tratamentos cirúrgicos relacionados com a cavidade oral dos pacientes.

Cirurgia-Oral

Esta é a disciplina responsável pela Extração de Dentes que já não possam ser recuperados (um dos tratamentos mais comuns), nomeadamente dentes com cáries bastante extensas em que seja impossível fazer a restauração, dentes que tenham perdido o seu suporte ósseo e gengival (muitas vezes derivado de uma patologia conhecida como periodontite), dentes inclusos, extração de dentes do siso, entre outros.

 

Para assegurar o conforto dos pacientes durante estes tratamentos mais invasivos, a Prime Dental Clinic trabalha com as mais modernas tecnologias de anestesia dentária, proporcionando uma aplicação do produto de forma mais confortável e que não traga tanto desconforto depois de o tratamento estar concluído.

 

Em certos casos, em que os pacientes não estejam confortáveis com o uso de anestesia, proporcionamos o sistema de sedação consciente e efetuamos cirurgia com laser cirúrgico, permitindo aos pacientes manterem o controlo das suas funções básicas, sem sentirem dor.

 

Sendo um tratamento mais invasivo, esta é a opção que tentamos evitar, primando antes por Tratamentos Preventivos que evitem que as patologias cheguem a uma fase onde a cirurgia é a única opção.

 

Por esta razão recomendamos aos nossos pacientes que realizem pelo menos duas consultas de higiene oral anualmente, onde para além de ser removida toda a placa bacteriana e tártaro, o Médico Dentista/ higienista responsável irá examinar toda a condição oral do paciente, prevenindo o agravamento de possíveis complicações, mantendo sobre controlo tratamentos realizados anteriormente.

Tratamentos de Cirurgia Oral

Extração Dentária

A extração dentária é o tratamento mais comum na área de Cirurgia Oral.

Este é um tratamento recomendado quando existem cáries bastante extensas onde não é possível realizar a recuperação do dente, quando existe uma grande perda óssea, ou quando é necessário ganhar espaço no maxilar.

Em casos mais complexos, a extração dentária pode ter de ser realizada com recurso ao corte de osso, dente e tecido, como por exemplo, dentes anquilosados que se “colaram” ao osso, e dentes inclusos, ou seja que não nasceram, podem ter de ser extraídos a fim de evitar complicações mais severas como a reabsorção dentária, cáries profundas em dentes vizinhos, inflamação, dores graves e apinhamento.

cirurgia oral consulta

Tratamento de Infeções Orais e Faciais

Infecções causadas por fungos e bactérias na cavidade oral têm tendência a espalhar-se para outras partes do corpo, como o seio maxilar e as glândulas salivares, mas de forma geral são facilmente tratadas com recurso a medicação.

No entanto, um diagnóstico tardio ou patologias mais severas podem requerer cirurgia oral.

Tratamento de Infeções Orais e Faciais

Infecções causadas por fungos e bactérias na cavidade oral têm tendência a espalhar-se para outras partes do corpo, como o seio maxilar e as glândulas salivares, mas de forma geral são facilmente tratadas com recurso a medicação.

No entanto, um diagnóstico tardio ou patologias mais severas podem requerer cirurgia oral.

cirurgia oral consulta

Enxertos ósseos e Elevação do seio Maxilar

Quando existe uma grande perda óssea, decorrente de patologias na cavidade oral ou devido a acidentes externos, a cirurgia oral pode ser uma necessidade na recomposição do osso que serve de apoio às peças dentárias, de forma a manter a funcionalidade da dentição dos pacientes assim como, permitindo a realização de tratamentos futuros, como por exemplo a aplicação de implantes e peças protéticas.

cirurgia oral enxerto
Cirurgia Oral - dentes

Eliminação de Quistos e Tumores

De forma geral os quistos e tumores não têm sintomas associados, sendo necessário recorrer a radiografias durante consultas de Check-up para serem descobertos.

A sua remoção através de cirurgia oral é geralmente necessária. Poderá ser indicado para análise mais profunda para o diagnóstico de certas patologias numa fase precoce.

Eliminação de Quistos e Tumores

De forma geral os quistos e tumores não têm sintomas associados, sendo necessário recorrer a radiografias durante consultas de Check-up para serem descobertos.

A sua remoção através de cirurgia oral é geralmente necessária. Poderá ser indicado para análise mais profunda para o diagnóstico de certas patologias numa fase precoce.

Cirurgia Oral - dentes

Tratamento da disfunção na articulação temporomandibular

A articulação temporomandibular, conhecida também como ATM, é a articulação que liga o maxilar inferior ao crânio.

Quando existem pressões contínuas e duradouras sobre ela, pode-se começar a sentir dores ou dificuldade na movimentação do maxilar.

Esta é uma patologia denominada de disfunção na articulação temporomandibular ou DTM.

Em alguns casos o tratamento é bastante simples, podendo mesmo passar sem intervenção médica, contudo geralmente requer um diagnóstico objetivo e tratamento.

No entanto, em casos mais complexos pode ser necessário recorrer a cirurgia para aliviar os sintomas associados à condição.

tratamento da ATM

FAQ

Porque é necessário remover dentes inclusos?

Os dentes inclusos são aqueles que devido a fatores como por exemplo falta de espaço, não conseguem nascer na altura devida.

A não extração desta peça de forma atempada pode causar periconorites, que são inflamações/ infeções na gengiva, apinhamento dentário, cáries dentárias em dentes adjacentes, maior possibilidade de criação de quistos e tumores, aumento na sensibilidade dentária e fraturas na mandíbula.

Os dentes inclusos devem ser todos extraídos?

Não necessariamente.

Sempre que possível preferimos optar por uma solução que vá de encontro à resolução da causa de o dente se ter tornado incluso.

É necessário remover todos os dentes do siso?

Não. O Médico Dentista responsável irá optar pela remoção do dente do siso, quando este estiver a comprometer a saúde oral do paciente.

Estes dentes têm uma grande tendência a terem um mau posicionamento, ou causarem complicações ao resto da dentição, e por isso é que a sua extração é tão comum. Consulte um dos nossos médicos dentista de forma a avaliar a sua condição.

Quando é necessário remover um dente com cárie?

A cárie dentária acontece devido a um acumular de bactérias provenientes de alimentos ricos em hidratos, que largam substâncias que com o tempo começam a danificar as peças dentárias.

Uma grande problemática associada às cáries é a dificuldade do paciente se aperceber delas até estarem bastante evoluídas. Na sua fase inicial, as cáries manifestam-se como pequenos buracos na superfície dentária e somente passar com a língua não é suficiente para as detetar.

Por este motivo recomendamos aos nossos pacientes que realizem consultas de Check-up pelo menos duas vezes por ano, em que através de um tratamento de Dentisteria se consegue resolver a patologia de forma simples e rápida. Quando a cárie chega à polpa dentária é que o paciente começa a aperceber-se da situação, começando a sentir dores.

Se o tratamento de endodontia – desvitalização; não for realizado atempadamente e a cárie se espalhar demasiado, a única solução pode passar pela extração da peça afetada.

Que cuidados devo ter depois da cirurgia?

Nas primeiras 24 horas após uma cirurgia é aconselhável que o paciente coloque gelo na zona da área afetada em intervalos de 15 em 15 minutos, nunca em contacto direto com a pele, de forma a diminuir o inchaço e a inflamação.

Contactos

Preencha o nosso formulário e entraremos em contacto no sentido de resolver qualquer dúvida que tenha ou efetuar marcação de consulta junto da nossa equipa de receção.